julho 4

Conheça em primeira mão as novidades da Editora Dracaena Vejam quais são os livros que já esgotaram sua primeira edição:

Conheça em primeira mão as novidades da Editora Dracaena
Vejam quais são os livros que já esgotaram sua primeira edição:
O Chamado Selvagem chega a cinco mil exemplares vendidos.
O Chamado Selvagem, lançado em 1903, é considerado a obra-prima de London e um de seus principais trabalhos, emocionando milhões de pessoas em todo o mundo. O livro conta a jornada de Buck, um cão São Bernardo que é raptado de seu confortável lar e levado para o Yukon, durante a corrida do ouro no século 19.
Emocione-se e aventure-se com Buck nessa incrível jornada.
Compre O Chamado Selvagem no site da Editora Dracaena.
Conheça A Ordem dos Lendários
 A Ordem dos Lendários: O Livro das Revelações, é apenas a primeira parte de uma narrativa sobre os eventos que culminaram na 3ª Grande Guerra Mundial, período em que a humanidade chegou à beira da extinção.
 “O Apocalipse”, como ficou conhecido entre os sobreviventes, começou muito antes do aquecimento global. Num passado muito distante, conhecido apenas pelos Originários e pela Ordem dos Lendários, existiram seres que não deixaram vestígios para serem descobertos, mas o legado deles continuará entre nós enquanto existir vida no planeta.
A Ordem dos Lendários: O Livro das Revelações convida seus leitores numa jornada pelo passado, conhecendo épocas desconhecidas e suas relações com o comportamento humano. Sugere para o leitor observar a vida de forma diferente, tornando a experiência de acompanhar Gabriel em suas descobertas num momento prazeroso e transformador. Por isso caro leitor, como dizia Confúcio em seus preciosos ensinamentos: “ESTUDE O PASSADO, SE QUISERES ADIVINHAR O FUTURO”.
Compre A Ordem dos Lendários no site da Editora Dracaena.
R. L. Mandu dá seu depoimento sobre a segunda edição de seu livro “A Ordem dos Lendários – O Livro das Revelações”:
Lembro como se fosse hoje os primeiros rascunhos e o sonho de um dia transformar meus pensamentos em palavras. Ao longo dos anos o sonho ganhou forma e volume, até que se desprendeu do meu universo e se tornou real. Porém, a vida nos ensina que tudo o que é feito com prazer tende a superar as expectativas e, o que um dia foi apenas uma vontade, hoje é uma realidade que chegou na 2ª Edição, o que me dá uma enorme felicidade.
Quero agradecer a cada leitor que acreditou no trabalho e que partilham comigo a importância de se autodescobrir e explorar as capacidades em busca de encontrar os limites da auto realização.”
Saudações Literárias
R.L.Mandu
 Bruxaria e sobrenatural em Faces de um Anjo
 Leticia Lorn, uma renomada física é chamada por um genial professor do Instituto de Tecnologia para encontrar respostas em uma pesquisa secreta: A possibilidade de viajar no tempo, através de uma esfera de origem obscura, encontrada em Luxor – Vale dos Reis.
Enquanto envolve-se com a pesquisa, misteriosamente surge Samael, um psicopata que inicia uma verdadeira caça as bruxas, cometendo assassinatos brutais com traços da Santa Inquisição de forma a incriminar a brilhante pesquisadora e roubar a esfera, podendo assim interferir no espaço-tempo e até mesmo na história da humanidade.
De forma equilibrada, o autor nos leva a um mundo mesclado de magia e suspense, desafiando o leitor ao exercício das deduções, fazendo-o mergulhar em uma nova realidade. Uma leitura capaz de envolvê-lo do início ao fim, que o conduzirá a um final surpreendente e instigante. A chave é acreditar.
Compre Faces de um Anjo no site da Editora Dracaena.
“Faces de um Anjo é um livro repleto de ação, suspense e surpreendente, conforme descrição da maioria dos leitores. Apenas a história não seria suficiente, se não estivesse aliada a um trabalho de ótima qualidade editorial, elaborado pela editora Dracaena. Fiquei extremamente feliz quando fui comunicado pela editora sobre a segunda edição. É simplesmente a realização de um sonho.”
Hermes M. Lourenço
Para quem procura aventuras inesquecíveis, conheça Os Contos de Meigan
Meigan é um mundo diferente do nosso, morada de seres especiais e poderosos que se denominam magis.
Na aparência são exatamente como nós, mas as diferenças não podem ser ignoradas por muito tempo.
Os magis tem uma relação especial com a natureza e seus elementos, moldando-os à sua vontade e apoderando-se de sua força.
Esses elementos, chamados mantares, não se limitam apenas aos conhecidos fogo, terra, ar e água. Existem muitos outros como as sombras, o tempo e até mesmo o controle sobre o próprio corpo. Ter a capacidade de decifrar, entender e interagir com a natureza é um dos principais requisitos para a evolução de um magi.
Para tanto, deve-se primeiramente entender que tudo faz parte da mesma manifestação natural e que toda matéria e energia estão inseridas em um processo dinâmico e universal.
Compre Contos de Meigan no site da Editora Dracaena.
                              CONHEÇA MAIS SUCESSOS DA EDITORA DRACAENA
 
                                                
Nêmesis 
Há cento e quarenta anos, Astarot, uma dos maiores demônios já conjurados, dorme, aprisionado pelas magias da família Masters. Mas uma profecia determinou seu despertar e agora a família de magos mais poderosa e influente do mundo se vê face a face com a volta de sua Nêmesis.
Isabela Zuckermann, jovem ginasta, foi apontada como aquela quem trará o despertar do demônio.
Agora, aqueles que seguem Astarot tentam protegê-la, e aqueles que pretendem impedir a profecia querem sua morte. A jornada de Isabela está entremeada com o segredo da prisão de Astarot em 1875 e conforme ela descobre a verdade sobre a magia, sobre sua família e sobre si mesma, fica mais claro que ninguém poderá impedir “O retorno de Astarot.”
Compre Nêmesis no site da Editora Dracaena.
Autor da Editora Dracaena concede entrevista ao Programa Resenha.
Confira aqui entrevista de José Oliveira, autor do livro “O Alma”, no Programa Resenha – TV SOL Comunidade – cidade de Indaiatuba – SP.
Compre O Alma no site da Editora Dracaena.
 
Autora da Editora Dracaena concede entrevista ao Programa TinTim por TinTim, da Just TV São Paulo.
Assista entrevista da autora Vanessa Bosso no programa TinTim por TinTim da Just TV .
Confira aqui a entrevista.
Compre Possuída no site da Editora Dracaena.
 
Confira os Lançamentos em Pré-Venda da Editora Dracaena
Limiar – entre o céu e o inferno – PRÉ-VENDA
De R$ 39,90 Por R$ 34,90
Samuel é o homem mais lindo e sedutor que Ester já conheceu.
Miguel é o amigo mais fiel e companheiro que uma garota poderia querer.
Dividida entre o amor e a amizade dos dois, a garota não imagina o motivo que faz com que eles se odeiem tanto e menos ainda que ela é a peça-chave na eterna luta entre o bem e o mal.
Antigos segredos de família e muito mistério cercam essa história de amor, proibida tanto pelas leis divinas quanto pelas leis infernais.
Portais – PRÉ-VENDA
De R$ 39,90 Por R$ 37,90
No livro Portais, convido você a viajar para outras dimensões, lugares ou planetas!
Imagine se existissem clãs de cientistas espalhados pela Terra com diversos conhecimentos deste e de outros mundos e, com tanto poder em jogo, um desses clãs se rebelasse para tentar dominar tudo que existe!
Em uma aventura cheia de suspense, grandes amores, fortes laços de amizades e muitas descobertas, um grupo de amigos e seus inesperados poderes tentarão evitar o fim do nosso planeta.
Mas para isso vão precisar decifrar o código secreto que os levará aos Portais, antes que alguma força o faça e destrua todas as possibilidades de vida. Desafio você a fazer parte deste mundo e descobrir os PORTAIS!.
Carreira e Negócios – 350 dicas para construir uma história de sucesso – PRÉ-VENDA
De R$ 24,90 Por R$ 21,90
Sejam todos bem vindos à era da informação. Vivemos o momento da história em que conhecimento é a moeda da vez e a informação alimenta uma sociedade que progride a passos largos. As pessoas vivem em um ritmo acelerado, onde tudo precisa fazer sentido no menor tempo possível.
O século XXI trouxe o que chamamos de paradoxo da produtividade: As pessoas querem conhecer e produzir mais em um curto espaço de tempo. Carreira e Negócios – 350 dicas para construir uma história de sucesso, vêm de encontro a esta necessidade, pois consegue transmitir conteúdo de qualidade em textos claros e que vão direto ao ponto.
Neste guia você encontrará dicas valiosas sobre atendimento, carreira, empreendedorismo, liderança, marketing, recursos humanos e vendas. Pequenas ideias para gerar grandes resultados. Um guia que servirá de auxílio para que você possa escrever uma história de sucesso.
 
Globo.com destaca autor e obra que será lançada pela Dracaena Editora em agosto.
Confira no site da Globo.com reportagem sobre Diego de Lima, autor do livro Sentel York que será lançado pela Editora Dracaena.
Editora Dracaena e autor Celso Zymon convidam para a tarde de autógrafos do livro Naturalmente Saudável.

Será no sábado, 07 de Julho de 2012, na Livraria  Da Vila – Shopping Cidade Jardim: Av. Magalhães de Castro, 12000 – pista local Marginal Pinheiros, das 16h00 as 19h00.
A Editora Dracaena está à procura de novos autores.
A Editora Dracaena busca novos talentos nacionais para publicação, divulgação e distribuição nacional. Se você escreve ficção, romance, filosofia ou literatura infanto-juvenil, envie seu livro para avaliação.
Para saber como enviar o seu livro acesse:  http://www.dracaena.com.br/?modulo=Conteudo&id=2
abril 10

Entrevista com o autor Fábio Guolo

Olá Amigos do Blog!
Bem hoje trago de primeira mão a entrevista com o escritor Fábio Guolo, autor do livro Draco Saga: O Despertar – Vol 1
Quem quiser conferir um pouco mais sobre o livro confira a resenha de Draco Saga clicando aqui.
  
1-       Fale um pouco sobre quem é Fábio Guolo 
 R.: Sou um cara comum: marido e trabalhador. Gosto de cinema, séries e livros. Eu e minha esposa somos voluntários de uma ONG que cuida de animais abandonados e eventualmente frequentamos bares de temática Rock n Roll, que adotamos desde sempre como nosso estilo musical e de vida.
2-      Vi que você é formado em física e em sistema de Informação – áreas distintas da literatura. O que lhe motivou a ser escritor? Você emprega seus conhecimentos de graduação na escrita?
R.: A motivação para escrever provavelmente veio só RPG que surgiu na minha vida muito antes de eu estudar as áreas citadas. E sim, emprego tais conhecimentos sempre que a situação requer. Tenho que confessar que, de fato, o estudo dessas áreas já me poupou bastante tempo de pesquisas.
3-      Você é mestre em RPG de mesa, conforme consta em sua bibliografia. Gostaria que explicasse aos leitores um pouco sobre o RPG e também gostaríamos de saber se usa técnicas de RPG no desenvolvimento de suas estórias.
R.: RPG é a sigla em inglês para RolePlaying Game. Em uma tradução aproximada: “jogo de interpretação de personagens”. E nada mais é do que isso mesmo: um jogo onde um mestre/narrador conta uma história a jogadores que interpretam personagens ativos dentro desta história. Os jogadores usam fichas com descrições das características de seus personagens e devem agir de acordo com isso para transpor as situações impostas pelo mestre/narrador. Aproxima-se de um teatro sem script, onde tudo é resolvido na base do improviso. Quem ganha o jogo? Todos! Pois o único objetivo é a diversão.
Não obstante, aquele que se propões a “ser” o mestre/narrador precisa de mais preparo do que um jogador, pois deverá conhecer a mecânica do sistema de regras a ser utilizado no jogo além de escrever e narrar uma boa história, ou, neste caso, uma boa premissa, porque a história, a trama de fato, desenvolve-se ao longo do jogo. E é bem comum acontecer de pessoas familiarizadas com o mundo do RPG, que leram meu livro, comentarem pela internet afora coisas do tipo: “Temos a impressão de estar em uma sessão de jogo” ou mesmo “…me causou nostalgia do tempo em que eu jogava…” e coisas do gênero. Então a resposta é sim, utilizo muito as técnicas do RPG.
4-      O que me chamou a atenção ao ler Draco Saga foi a narrativa em primeira pessoa do ponto de vista de um Dragão – Dryfr. Como foi a elaboração deste protagonista e a criação dos sentimentos e do modo de vida de um dragão?
R.: Foi um exercício de criatividade como eu jamais havia feito. Basta dizer que demorou 5 anos até que os textos chegassem a um ponto em que pensei: “já dá pra publicar”. Em muitos momentos eu tinha que me perguntar: “…mas como um ser que nunca soube da existência disso, ou daquilo,  encararia isso ou aquilo? Como encararia essa ou aquela atitude”. E mais: “…como encararia a partir de suas opiniões e conceitos já formados? E quais são essas opiniões e conceitos já formados?” É por questões como essas que Dryfr foi a personagem mais difícil que já criei. Tenho experiência de quase 20 anos na criação de centenas de personagens para RPG, onde as características descritas, muitas vezes, chegam às minúcias de seus hábitos secretos. Portanto, ao contrário do que os pouco criativos podem crer, Dryfr não é fruto de minha própria personalidade, mas sim uma personagem com suas próprias crenças e convicções. Uma personagem criada com tais características para cumprir seu papel dentro da obra: questionar o comportamento humano.
5-      Você se inspirou em alguma obra para escrever Draco Saga? Qual?
R.: Várias. Dentre as principais JRR Tolkien e Bernard Cornwell. Além deles  inspirei-me muito em filmes como Coração Valente (vide o modo de falar, mas não apenas isso), Os 300 de Esparta (vide cenas de combate, mas não apenas isso) e muitos outros filmes e séries de TV.
6-       Quais são os autores que mais lhe inspiraram a escrever?
R.: Os citados no item anterior e mais recentemente preciso dar um destaque a ao Martin (Crônicas de Gelo e Fogo); a um autor nacional daqui de Curitiba chamado Thiago Tizzot, conhecido pelo pseudônimo de Estus Daheri que, assim como eu, provém das mesas de RPG; A Anne Rice, que na minha opinião é muito boa, mas poderia ser muito melhor; enfim… eu acho que posso dizer que me inspiro não só em autores e literatura, mas em tudo o que me cerca.
7-      Como é seu processo de produção de um livro – desde a ideia- escrita e envio a editoras.
R.: A partir da ideia base, ou premissa, eu começo a traçar roteiros. A partir dos roteiros escrevo a trama de forma simples e linear. Por fim, começa o processo mais demorado: leio e releio o texto diversas vezes a fim de dilapidá-lo. Corrigir, acrescentar, suprimir, incrementar, encurtar, enriquecer e encorpar o texto e a trama.
Depois submeto o texto a, pelo menos, duas pessoas de minha confiança para uma revisão de enredo no intuito de aparar arestas e fixar pontas soltas na trama. Depois submeto a revisão ortográfica de outra pessoa de minha confiança que revisa o texto pelo menos duas vezes. E por fim eu faço a minha última revisão pessoal. Só então considero o texto pronto para publicar.
8-      Quais foram as maiores dificuldades que você enfrentou para escrever?
R.: Para escrever? Nenhuma. A minha dificuldade é publicar e divulgar.
9-       Em um ponto da estória, você se refere ao termo “viagem astral”. Deixando a religião de lado, sabemos que movimentos como gnosis, ordem rosa cruz, dentre outros explora a terminologia viagem astral a fundo. Como se deu o processo para inserir em sua história essa terminologia.
R.: Algumas pessoas, ao ler meu livro, afirmam: “Fábio Guolo é ateu”. Acho uma baita falta de ética, para não dizer infantilidade, afirmar tal sobre um autor a partir das opiniões de uma de suas personagens. As referências a “viagem astral” constantes em Draco Saga provém do “Kardecismo”. Frequentei durante muito tempo centros kardecistas diversos e até espiritualistas. Li várias obras literárias e assisti a vários filmes do gênero além de ser admirador do mestre Chico Xavier e seus ensinamentos. Sou religioso fervoroso? Não, longe disso. Mas sou ateu? Também não. Como já disse um outro mestre: “eu prefiro ser essa metamorfose ambulante…” e definir-me como um estudioso.
10-   Draco Saga, além da estória de dragões, relata em algumas passagens sobre elfos e paladinos. Você realizou pesquisa sobre esses seres míticos e lendários, bem como sobre história antiga?
R.: Algumas. A maioria do material sobre esses assuntos já estava pronto para mim no mundo do RPG. Eu apenas precisei confirmar como foram de fato as coisas que realmente existiram em nossa história, como os paladinos. Com as partes míticas não me preocupei muito, pois a ideia é criar minha própria mitologia.
11-   Você já tem outros livros publicados. Quais são?  Você já se identificou com algum personagem desses livros?
R.: Publiquei A BARONESA, por hora só em e-book. Trata-se da história de Taramar, grande vilã do livro 1. É um conto curto e revelador narrado por ela. Está a venda por apenas R$ 2,99 em www.dracosaga.com.
12-   Qual a maior dificuldade enfrentada pelos escritores nacionais?
R.: Sem a menor dúvida: publicar/divulgar/distribuir. Todos os autores sem exceção passam ou já passaram por isso algum dia.
13-  Gostaria que deixasse uma mensagem aos seguidores do blog A Arte de Escrever, e aos que se aventuram na magia de escrever seu primeiro livro.
R.: Ao leitores, muito obrigado pela paciência de ler a entrevista até aqui. Espero que tenham gostado e espero que comprem/leiam/gostem dos meus livros! E aos aventureiros, não sei se já tenho knowhow suficiente para tais conselhos, mas eu diria: não se cansem jamais de perseguir o sonho. Tenham coragem porque o caminho SERÁ muito árduo. Tenham paciência para publicar em boas condições. E tenham muito mais paciência PRINCIPALMENTE com a revisão do texto, pois um texto bem revisado não conta ponto positivo ao passo que um mal revisado conta milhares de pontos negativos. Jamais acredite na 1ª editora que aparecer com a proposta “pague e publique”. Existem várias e a maioria não vale a pena. Espere. Reveja condições, negocie bastante, faça MUITOS orçamentos. Converse com quem já publicou pela editora pretendida e veja se está satisfeito. É isso aí… um grande abraço a todos!