Surpreendente! – Maurício Gomyde

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje a resenha é de um livro nacional que a maioria dos leitores amou, mas que infelizmente não me conquistou tanto. Surpreendente! apresenta a vida, sonhos, dificuldades e ideais de Pedro, um jovem apaixonado por cinema, que juntamente com seus amigos Mayla, Fit e Cristal viverão a maior aventura de suas vidas e descobrirão que a amizade verdadeira vence qualquer barreira. Confiram!

 

Pedro Diniz é um jovem de 25 anos apaixonado por cinema, recém formado no curso superior de audiovisual, ele se divide em duas atividades, se dedica a realizar todas as terças a noite sessões de cinema com filmes clássicos no Café Cultural e durante a semana trabalha na locadora VIP, localizada na periferia de São Paulo.

Pedro tem um projeto, o Cinema Felicidade, ele acredita que o bom cinema é uma semente, que basta plantá-la para colher bons frutos, as pessoas, e consequentemente o mundo, podem melhorar quando elas tem contato com a arte.

“Acho que o cinema, a música boa e a literatura são instrumentos da Santíssima Trindade para salvar o ser humano da derrota como espécie.”

Pedro também é ambicioso, seu maior sonho é ganhar um Cacau de Ouro, o maior prêmio nacional dado a cineastas. Ele enxerga a vida de uma maneira positiva, sempre vendo seu lado bom, afinal ele é um milagre. Na adolescência Pedro foi diagnosticado com uma doença degenerativa, ele perderia a visão aos 20 anos, porém por uma causa inexplicável a doença estagnou ao 19, então Pedro ficou com 70% da visão central no olho direito e 73% no esquerdo, era muita sorte, analisando as circunstância.

Pedro é amigo de Fernando, mais conhecido por Fit, estudante de audiovisual na USP também, três semestres atrás de Pedro. Fit adora desenhos antigos da Warner e sempre utiliza as frases de efeito dos desenhos. Outra grande amiga de Pedro é Mayla, sobrinha de dona Rebeca, dona do Café Cultural. Mayla é gerente do Café Cultural e se considera a menina mais criativa da região.

Nas sessões de cinema que Pedro fazia no Cine Cultural, sempre tinha uma moça que aparecia e desaparecia durante as sessões. Depois de um tempo Pedro descobriu que o nome da beldade era Cristal, ela trabalhava de garçonete no Café Cultural, era estudante de física e desenvolvia seus estudos na área de arquiometria. Já no primeiro encontro Pedro sente que aquela é a mulher da sua vida, seus cabelos vermelhos o conquistaram.

Em casa as coisas com os pais de Pedro não andam bem, Ariadne e Carlo não conseguem mais se entender, e por isso Pedro fica em casa sozinho. Pedro sempre ficou intrigado com uma caixa fechada guardada no quarto dos pais, mas mesmo com muita curiosidade não se acha no direito de abri-la. Pedro sempre anda com seu olho turco no pescoço, presente de sua avó que disse que enquanto o estivesse usando nada de mal poderia acontecer a ele.
   

Em um dia normal de trabalho na VIP, Pedro fica intrigado com um rapaz de aparência duvidosa, mas como ele sempre enxerga o lado bom das pessoas, ele vai contra o conselho de seus colegas de trabalho e conversa com o rapaz, planta sua semente, lhe entrega o filme Sociedade dos Poetas Mortos e pede para que assista e volte para devolver e contar o que achou. Quando o jovem que Pedro tentou ajudar retorna a VIP, ele descobre que nem sempre se deve crer nas pessoas.

Depois de quase ter sido morto por quem tentou ajudar, Pedro descobre que ficará cego devido a coronhada que recebeu no rosto quando estava se defendendo. Ele se revolta contra a vida, contra todos, desiste de vez de seu sonho.

Porém Fit não deixa Pedro se afundar, convence o amigo a filmar o filme que dará a ele o tão sonhado Cacau de Ouro, filmar o filme de sua vida. E assim partem rumo a Pirenópolis Pedro, Fit, Cristal e Mayla, a bordo do opala envenenado do tio de Fit, apelidado de Diabo Loiro. No caminho muitas aventuras, descobertas, diversão e principalmente a prova de que a amizade verdadeira vence qualquer barreira.

“Aqui começa o maior filme de todos os tempos sobre as chances que o mundo coloca na vida das pessoas. Que as lições sejam aprendidas e voltemos milhões de vezes melhores do que quando partimos […].”

Surpreendente! é o primeiro livro que leio do autor. O livro é narrado em terceira pessoa, divido em cinco partes e 51 capítulos, possui uma escrita fluída, fazendo com que a leitura não seja maçante em nenhum momento. Os capítulos contam a história de Pedro intercalando o presente e o passado, os capítulos são curtos, outro ponto positivo para mim que não gosto muito de capítulos extensos e uma explicação para o grande número dos mesmos.

Os personagens apresentados pelo autor são cativantes, gostei de todos, é claro que a personagem Mayla foi a que mais me conquistou, não só por ser minha xará, mas por sua personalidade incrível, o Fit é o cara mais brincalhão e em empolgado da turma, também não tem como não gostar dele. Cristal também é uma ótima personagem, inteligente e sempre pronta para ajudar, Pedro é um protagonista forte, mesmo que em alguns momentos ele tenha se feito de vítima, o que é compreensível dada sua condição. Os personagens secundários também são bem construídos e dão uma emoção a mais ao enredo.

“Eram os quatro gritando numa roda, rindo e jogando água para cima. Quatro amigos que as retas e curvas da estrada haviam tornado ainda mais amigos. Quatro crianças, quatro loucos, duas duplas que vinham se fazendo inseparáveis.”

Os cenários que o ator narra são fantásticos, pesquisei todos enquanto lia, um lugar mais lindo que o outro. A mensagem que o livro passa é muito bonita, mas não deixa de ser clichê, descobri o fim da história faltando alguns capítulos para seu fim, o segredo que os pais escondiam de Pedro também não foi tão impactante, algo bem previsível dado o contexto da história.

“Nossa vida é feita de um monte de momentos esquecíveis, entremeados por pouquíssimos inesquecíveis. Por que não darmos a nós mesmos o presente de tentar viver um inesquecível?”

O que mais amei neste livro foram a trilha sonora e as referências aos grandes clássicos da cinematografia, deu até vontade de assistir/rever alguns filmes citados.

A diagramação está incrível, embora não goste deste tom de azul tenho que admitir que a editora fez um trabalho maravilhoso, as folhas são amareladas e a fonte possui um tamanho confortável para leitura.

Surpreendente! não é uma obra que combina muito com seu título, mas é sim uma ótima leitura, repleta de reflexões sobre a vida, nossas atitudes e como podemos fazer a diferença no mundo. Talvez você se sinta tocado, talvez não, mas se você gosta de cinema, com certeza gostará das referências citadas na obra. Enfim, uma obra recomendada para todos.
    

Título: Surpreendente!
Autor(a): Maurício Gomyde
ISBN: 9788580577358
Ano: 2015
Páginas: 272
Editora: Intrínseca
Nota: 3,5/5
Adicione: Goodreads | Skoob
Compre: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

2 ideias sobre “Surpreendente! – Maurício Gomyde

Os comentários estão fechados.