agosto 22

Cavalo de Guerra (War Horse), 2011

Olá pessoal, tudo bem?

Há alguns dias atrás trouxe para vocês a resenha de Soldier: Leal Até o Fim, que conta a história dos cães na Primeira Guerra Mundial, e hoje continuando no assunto, trago o filme Cavalo de Guerra, que mostra a história dos cavalos nesta terrível batalha. Um filme muito tocante, capaz de emocionar qualquer pessoa. Confiram!

A família inglesa Narracot passa por dificuldades em sua fazenda. O pai Ted Narracott (Peter Mullan) é um ex-combatente que se tornou um bêbado que sempre faz a coisa errada e sempre se arrepende, a mãe Rose Narracott (Emily Watson) é uma mulher trabalhadora que ama o marido e sempre tenta perdoá-lo por todas as coisas erradas que faz e o filho Albert Narracott (Jeremy Irvine) procura sempre ajudar no que pode e tenta de todas as formas provar ao pai que é muito mais que apenas um garotinho.

A família deve muito dinheiro a Lyons (David Thewlis) dono da fazenda que a família aluga, eles precisam plantar e vender muito para conseguir pagar essa dívida, do contrário seriam expulsos.

Um leilão acontece na vila próxima onde a família mora, e Ted fica fascinado por um cavalo e pensando que vai precisar de um para arar a terra, ele o ganha neste leilão. O problema é que o cavalo é um puro-sangue, não é recomendado para o serviço de aragem, além de Ted ainda ter gasto todo o dinheiro do aluguel comprando o cavalo, um valor muito acima do que ele realmente valia.

Quando Ted volta em si ele percebe que cometeu mais um erro, pensa em se livrar logo do cavalo, mas seu filho Albert cria uma conexão imediata com o cavalo, dá a ele o nome de Joey, e promete ao pai que treinará Joey para fazer todo o serviço que ele desejar, que não deve se desfazer do cavalo. E assim Albert consegue que Joey faça todo o trabalho, Albert ama Joey, ele é seu cavalo, são felizes juntos. Porém tudo muda com o início da Primeira Guerra Mundial.

Devido a uma tempestade toda a plantação é perdida e com isto Ted não consegue o dinheiro para pagar o aluguel. Ted então fica sabendo que oficiais da guerra estão comprando cavalos para levar para os campos de batalha; Ted não pensa duas vezes e vende Joey ao Capitão Nichols (Tom Hiddleston), Albert chega tarde demais e não consegue impedir, mas ele fica com a promessa de Nichols que irá proteger Joey, que mandará notícias sobre ele e irá trazê-lo são e salvo para Albert.

A  partir deste momento acompanhamos toda a saga do cavalo Joey, passando pelas mãos de diversas pessoas, todas se simpatizam com o cavalo e o ajudam, o tratam bem. Após se perder do Capitão Nichols; Joey vai parar nas mãos dos irmãos desertores Gunther (David Kross) e Michael (Leonard Carow), depois com a menina Emilie (Celine Buckens) e também nas mãos do soldado inimigo Friedrich (Nicolas Bro). Enquanto isto, Albert não consegue perdoar seu pai pelo ato, agora com idade suficiente para se alistar, ele também está no campo de batalha, e tem esperanças de encontrar Joey.

Cavalo de Guerra é um filme tocante, é difícil encontrar alguém que não se emocione pelo menos um pouco com este filme. Embora seja um filme de guerra não espere sangue ou muitas cenas de pessoas mortas; é claro que isto está presente no filme, mas não como nos outros, aqui o foco é outro, na verdade este filme mostra muito bem como a guerra é algo banal, um conflito sem lógica, onde as pessoas só querem provar qual tem mais poder, enquanto todos morrem, padecem, sem ao menos se lembrar o porque realmente estão ali, pelo que estão lutando. Uma cena que deixa isto bem claro é quando Joey fica preso em arames farpados e dois soldados, um de cada lado, deixam suas trincheiras para salvar o animal, mostrando que a guerra é uma ação inútil, onde na verdade ninguém ganha, todos perdem.

Como já citei, o filme não foca muito no conflito da guerra, nas linhas de frente, foca mais no que acontecia no entorno da guerra, nos “bastidores” dela, como a população sofria com o conflito, e como os cavalos eram tratados, é de partir o coração, sabendo ainda que o filme mostra de uma forma leve tudo o que aconteceu, que a realidade na verdade foi muito pior. Vendo todas as dificuldades que o cavalo enfrenta não há como não torcer por um final feliz para Joey, talvez no fundo você sinta que ele terá, mas fica apreensivo até os últimos minutos do filme, para realmente ter certeza. As imagens do filme são belas o que deixa o filme ainda mais tocante.

O filme não foi muito aclamado pela crítica, foi indicado em uma série de categorias do Oscar em 2012 mas não levou nenhuma estatueta para casa, infelizmente.

Cavalo de Guerra é um filme emocionante, diferente de outros filmes que falam do assunto, mostrando a guerra por uma perspectiva diferente. Um filme que me emocionou muito e tenho certeza que também te emocionará.

“A guerra leva tudo de todos.”

“Onde você estiver, eu vou te encontrar e vou te trazer para casa.”

Título Original: War Horse

Ano de Produção: 2011

Dirigido Por: Steven Spielberg

Gênero: Drama, Histórico, Guerra

Nota: 5/5


Tags:, ,
Copyright 2018. All rights reserved.

Posted 22 de agosto de 2016 by Hermes Lourenço in category "Filmes

2 COMMENTS :

  1. By Desbravador de Mundos on

    Um filme interessantíssimo. A premissa é bem diferente do que costumamos encontrar em livros e filme sobre a guerra, então de cara me chamou a atenção.
    Sem dúvidas, daria uma chance.
    Ótima dica.

    http://www.desbravadordemundos.com.br – Participe do top comentarista de agosto. Serão dois vencedores e um deles levará um vale compras!

    Reply

Agradecemos sua visita! Volte sempre que puder! Se quiser deixe um comentário com sua opinião, assim que pudermos responderemos. Comentários ofensivos não serão aceitos.