julho 2

Divertida Mente (Inside Out), 2015

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago uma animação que concorreu ao Oscar 2016 em duas categorias: de melhor animação e melhor roteiro original, ganhando como melhor animação. Uma animação que me encantou, estou apaixonada pelo Medo, Raiva, Alegria, Tristeza e Nojinho. Confiram!

 

O filme começa nos apresentando Riley ainda bebezinho, quando abre os olhos pela primeira vez e quando isto ocorre o primeiro sentimento que aparece na mente de Riley é a Alegria. Quando a Alegria aparece na mente de Riley ela encontra um botão e ao pressioná-lo a Riley dá um lindo sorriso. No entanto o lindo sorriso se transforma em choro, porque de repente entra em cena a Tristeza e junto com ela chega também a Raiva, o Medo e a Nojinho.

O tempo vai passando e Riley vai crescendo, se tornando uma bela menina de onze anos. Sua vida é linda, tem pais amorosos, uma melhor amiga e é uma das melhores jogadoras do time de hóquei, tudo é perfeito.

Na mente de Riley os cinco sentimentos são os responsáveis por comandar tudo, as emoções geradas são representadas por bolas coloridas, sendo roxo para tristeza, vermelho para raiva, amarelo para alegria, verde para nojo e azul para tristeza. Cada sentimento têm sua função, mas a alegria é a principal responsável por manter tudo em ordem.

As bolas de sentimentos gerados são distribuídas para locais onde ficaram guardadas, sendo estas as memórias de longo prazo, ou então elas são descartadas. As memórias de longo prazo são as responsáveis por criar e manter as ilhas da personalidade. A Riley possui cinco; família, amizade, honestidade, bobeira e hóquei.

A mente de Riley entra em colapso, ou melhor, seus sentimentos entram em colapso quando os pais de Riley resolvem se mudar de Minnessota para São Francisco, de uma vez só Riley perde a melhor amiga, não faz mais parte do time de hóquei e ainda sente que seus pais estão se distanciando dela.

Enquanto isto, dentro da mente de Riley, a Alegria tenta manter a ordem, fazendo com que Riley se lembre apenas dos momentos bons, e no início parece ser uma ideia brilhante e que tudo acabará bem.

Só que a Tristeza, sem intenção, apenas por ser meio desajeitada e querer ajudar, toca em algumas emoções alegres de Riley, fazendo com que elas se tornem lembranças tristes. E por causa desta confusão a Alegria e a Tristeza vão para fora da sala de controle, ficam perdidas na cabeça da Riley. A mente de Riley passa a ser controlada pela Raiva.

Com todas estas confusões, as ilhas de personalidade da Riley começam a desmoronar. Com isto a Alegria e a tristeza tentam voltar para sala de controle, para trazer Riley de volta, fazer com que ela seja a menina feliz que sempre foi.

Divertida Mente é uma ótima animação não só para crianças mas também para os adultos. De uma forma descontraída, e claro não muito presa a termos científicos, o filme mostra as reações químicas e biológicas que ocorrem em nosso cérebro, passando por diversos “setores”, como pensamentos de longo prazo, memória-base, entre outros.

O filme ainda traz uma bela mensagem sobre a vida, principalmente para os adultos, mostrando que não dá para ser feliz sempre, que às vezes temos que abraçar a tristeza, se jogar nela, pois ela também faz parte da nossa vida, de uma forma meio dolorida, ela pode nos fazer fortes, nos fazer crescer.

Bem, este é um filme mais do que recomendado, vocês vão se divertir, e vão “entender” o porque aquele jingles daquela propaganda irritante não sai da sua cabeça. Assistam e se divirtam!

“Chorar me ajuda a espairecer e esquecer os problemas da vida”.

Título Original: Inside Out

Ano de Produção: 2015

Dirigido Por:  Pete Docter

Gênero: Animação, Comédia, Família

Nota: 5/5

FILMOW


Tags:, ,
Copyright 2019. All rights reserved.

Posted 2 de julho de 2016 by Hermes Lourenço in category "Filmes

4 COMMENTS :

  1. By getoffmyfeet on

    Oi Mayla,

    Depois de ver esse filme em casa, me arrependo de não ter dado muito atenção a ele na época do lançamento, é sensacional. Um filme inteligente, que agrada crianças, mas os adultos é que entendem mais as questões por trás dessa animação. Lendo sua crítica, já quero ver de novo. *O*

    Bjs, @dnisin
    http://www.sejacult.com.br

    Reply
    1. By Mayla Viviani on

      Eu também vi em casa… e também me arrependi..rs.. Ele é realmente um filme sensacional =D não tem como não gostar. Fico feliz que tenha gostado. =D

      Abraço!

      Reply

Agradecemos sua visita! Volte sempre que puder! Se quiser deixe um comentário com sua opinião, assim que pudermos responderemos. Comentários ofensivos não serão aceitos.