abril 30

Anjos e Demônios – Dan Brown

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago a resenha de um livro muito famoso, tenho certeza de que alguém já ouviu falar, ou já assistiu o filme. Uma aventura cheia de suspense com um final inesperado. Uma leitura de tirar o fôlego. Confiram!

danTítulo Original: Angels & Demons

Título: Anjos e Demônios

Autor(a): Dan Brown

ISBN: 8575421468

Ano: 2004

Páginas: 480

Editora: Sextante

Nota: 5/5

Adicione: Skoob

Compre: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Antes de decifrar O Código Da Vinci, Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, vive sua primeira aventura em Anjos e Demônios, quando tenta impedir que uma antiga sociedade secreta destrua a Cidade do Vaticano. Às vésperas do conclave que vai eleger o novo Papa, Langdon é chamado às pressas para analisar um misterioso símbolo marcado a fogo no peito de um físico assassinado em um grande centro de pesquisas na Suíça. Ele descobre indícios de algo inimaginável: a assinatura macabra no corpo da vítima – um ambigrama, uma palavra que pode ser lida tanto de cabeça para cima quanto de cabeça para baixo – é dos Illuminati, uma poderosa fraternidade considerada extinta há 400 anos. A antiga sociedade ressurgiu disposta a levar a cabo a lendária vingança contra a Igreja Católica, seu inimigo mais odiado. De posse de uma nova arma devastadora, roubada do centro de pesquisas, ela ameaça explodir a Cidade do Vaticano e matar os quatro cardeais mais cotados para a sucessão papal. Correndo contra o tempo, Langdon voa para Roma junto com Vittoria Vetra, uma bela cientista italiana. Numa caçada frenética por criptas, igrejas e catedrais, os dois desvendam enigmas e seguem uma trilha que pode levar ao covil dos Illuminati – um refúgio secreto onde está a única esperança de salvação da igreja. Em Anjos e Demônios, Dan Brown demonstra novamente sua habilidade de entremear suspense com fascinantes informações sobre ciência, religião e história da arte.

Continue reading

Category: livros | LEAVE A COMMENT
abril 28

Gattaca – Experiência Genética (Gattaca), 1997

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago a vocês um clássico do cinema. Imagine uma sociedade onde seu potencial seja definido de acordo com o seu DNA. Uma sociedade onde qualquer predisposição, por mais pequena que seja, a uma doença te faça ser considerado um inválido. Este é o enredo do filme de hoje, uma ótima ficção científica que levanta pontos interessantes para discussão de questões referentes a bioética. Confiram!

Continue reading

Category: Filmes | LEAVE A COMMENT
abril 21

Quatro: Histórias da Série Divergente – Veronica Roth

Olá pessoal, tudo bem?

A resenha de hoje é de um livro que veio como um grande presente da autora para o fãs. Conheçam melhor Tobias Eaton, ou melhor, conheçam Quatro, o mocinho que arrebatou milhares de corações ao redor do mundo. Confiram!

https://i0.wp.com/www.rocco.com.br/wp-content/uploads/2014/08/Capa_Quatro.jpg?resize=337%2C510Título Original: Four: A Divergent Collection

Título: Quatro: Histórias da Série Divergente

Autor(a): Veronica Roth

ISBN: 9788579802218

Ano: 2014

Páginas: 272

Editora: Rocco

Nota: 5/5

Adicione: Skoob

Compre: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Dois anos antes de Beatrice Prior fazer sua escolha, quem passa por esse difícil processo é Tobias. Transferir-se da Abnegação para a Audácia é sua única chance de recomeçar. Na nova facção, ninguém o chamará pelo nome que seu pais lhe deram. Nela, ele não deixará o medo de transformá-lo em uma criança covarde. Agora conhecido como “Quatro”, ele descobre durante a iniciação que pode ser bem-sucedido na Audácia. Todo o processo está apenas começando, e Quatro precisa conquistar seu lugar na hierarquia da nova facção. As decisões que tomar vão afetar os próximos iniciandos e revelarão segredos que ameaçam seu próprio futuro – e o de todo o sistema de facção. Dois anos após sua transferência. Quatro está preparado para agir, porém ainda não definiu um caminho. Talvez a primeira inicianda a pular na rede ajude-o a mudar tudo. Quem sabe assim ele possa voltar a ser Tobias. Quatro, de Veronica Roth, se passa no mesmo mundo da série de sucesso internacional Divergente e é contado da perspectiva de Tobias Eaton. As quatro histórias incluídas aqui – “A transferência”, “A iniciação”, “O filho” e “O traidor”, além de três cenas exclusivas – dão aos leitores um eletrizante vislumbre da vida e do coração de Tobias e compõem o cenário da saga épica da trilogia Divergente.

Continue reading

Category: livros | LEAVE A COMMENT
abril 19

Quando em Roma (When in Rome), 2010

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago mais um filme para descontração, um filme divertido e romântico, com um belo cenário. Confiram!

Continue reading

Category: Filmes | LEAVE A COMMENT
abril 18

Felicidade em Tempos Difíceis – Andrew Matthews

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trago a resenha de um gênero diferente que muita gente não gosta, no entanto este livro foi uma leitura tão prazerosa que não poderia deixar de apresentá-lo a vocês. Espero que depois de conhecer este livro para os que não gostam do gênero adquiram uma opinião um pouquinho diferente dos livros de autoajuda. Confiram!

https://i1.wp.com/static.fnac-static.com/multimedia/PT/images_produits/PT/ZoomPE/4/2/2/9789897180224.jpg?resize=357%2C467Título Original: Happiness in Hard Times

Título: Felicidade em Tempos Difíceis

Autor(a): Andrew Matthews

ISBN: 9788575427347

Ano: 2011

Páginas: 192

Editora: Sextante

Nota: 5/5

Adicione: Skoob

Compre: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Alcançar a felicidade é o objetivo mais importante na vida de qualquer ser humano. Muitas pessoas dizem: “Quando eu conseguir o que quero, serei feliz”. Mas, na verdade, é quando você é feliz que consegue o que quer. O que importa não é o que acontece, mas o modo como nos sentimos em relação a isso. Talvez você já tenha observado que as pessoas que mais aproveitam a vida são as que passaram pelas experiências mais difíceis. Muitas delas continuam a ter problemas, mas todas são realizadas porque, em algum momento, decidiram que essa é a única maneira de se viver. A felicidade não é algo que simplesmente aconteça, mas uma opção consciente. Neste livro, você verá que coisas ruins acontecem, mas que é preciso optar por tirar o melhor de cada uma delas. Esqueça as acusações, a culpa, os “e se “. Não espere para aproveita a vida quando mudar de emprego ou de cidade, quando for mais velho, tiver um companheiro ou um carro do ano. Escolha ser feliz agora. As pessoas felizes fazem com que os outros também se sintam assim, seja no trabalho, nas amizades ou nos relacionamentos amorosos, enquanto as infelizes acabam se preocupando apenas com elas mesmas. A felicidade é generosa. Compartilhe-a.

Continue reading

Category: livros | LEAVE A COMMENT
abril 17

Hush: A Morte Ouve

Hush: A Morte Ouve

A Morte Ouve

 

Sinopse:

Depois de perder sua audição quando adolescente, Maddie Young (Siegel) viveu uma vida de isolamento totalmente recuada em seu mundo silencioso. Porém, quando o rosto mascarado de um assassino psicótico aparece na janela de sua casa ela deve ultrapassar seus limites físicos e psicológicos para poder sobreviver uma noite.

 

 

Olá amigos do site A Arte de Escrever!

Hoje trago para vocês a resenha do filme Hush, traduzido no Brasil como A Morte Ouve.

imagesBem, só pelo título, sabemos que a tradução original de Hush, é algo que se aproxima de silêncio, e em minha opinião, o melhor humor de standup que conheço, é você ver um título original sendo adaptado para a versão em português.

Bem, deixando de lado a crítica ao título (fato comum em quase 90% dos títulos – isso porque estou sendo modesto), vamos a história.

Eu assisti o filme na netflix, e assumo diante de todos que o final é previsível, algo tipo branca de neve que cai no feitiço e no final aparece o príncipe encantado para beijá-la – isso recebe o nome de clichê, só que não estamos falando de um conto de fadas.

3a95a4b736a3055105277ad88f3a34a7ba039e7dColoque uma escritora surda-muda (sequelada de miningite desde os 13 anos de idade), morando no meio do mato – essa é outra questão que gostaria de entender, como uma pessoa com deficiência prefere o morar só e em um lugar isolado (meio do mato). Em hipótese alguma quero sequer insinuar que um deficiente é incapaz de viver isolado, mas me colando no lugar da protagonista, com deficiência auditiva e incapaz de falar, o último lugar em que eu iria querer morar era isolado no meio de uma floresta. Como eu iria pedir socorro, caso sofresse um acidente, algo simples do tipo escorregar e bater com a cabeça? O roteirista, até que tentou, dando a protagonista um celular e um laptop, colocando ela como uma pessoa super-conectada e recebendo algumas visitas HUSH-e1458439945727no decorrer do dia, mas não foi feliz. Outra questão, que achei um pouco redundante, foi se minha vida é uma eterna prisão silenciosa, qual o significado em eu querer ir morar no meio do mato a procura do silêncio? Porque sou uma escritora? Taí outro clichê. Para ser escritor não precisa morar no meio do mato e ser isolado. Há uma grande confusão em querer o silêncio para se escrever e ter que morar num lugar isolado. Eu já escrevi pelo menos 10 livros e não precisei em nenhum deles, ter que me isolar do mundo. Pelo contrário, escrevo a noite, quando a maioria da pessoas estão dormindo, na cidade de Belo Horizonte. Bem, voltando ao filme…

HUSH16REVFEATTirando as rotinas pacatas do dia a dia de Maddie, nossa protagonista, e isto inclui um acidente que dispara um alarme de incêndio – fiquem tranquilos, que ela percebe que o alarme disparou, através da vibração –, Maddie enfrenta seu pior pesadelo, quando um psicopata aparece na floresta – também não sei de onde ele veio, mas pelo que percebi ele adora caçar mulheres usando uma besta (o velho instrumento medieval que disparava flechas) – e mata a amiga de Maddie, que quase destrói a porta de vidro implorando por socorro; enquanto isso, Maddie aprisionada em seu silêncio, continua seus afazeres domésticos imperceptível a cena que acontece do lado de fora da porta de vidro da cozinha. Nesse momento vem a primeira e melhor parte do filme: A vítima do psicopata, com uma flecha enfiada nas costas, e abordada por trás pelo psicopata armado de uma faca, começa a esfaqueá-la não só uma vez, mas diversas vezes, sem tirar os olhos de Maddie, que continua com os afazeres.

Hush-620-02
O antagonista (psicopata) foi bem elaborado até certo ponto. Ele descobre que a protagonista é surda muda e chega a entrar na casa dela, até que a situação foge do controle e aí nasce meu maior incômodo com a história, que recebe o nome de “VIDRO”.

A casa da escritora, e cheia de imensas janelasFilmStill-93.0.0 e portas todas de vidro, só que no filme parecem que são de “titânio” transparente. Isso me deixou puto, pois grande parte do filme o psicopata fica preso do lado de fora – isso mesmo, trancado do lado de fora – separado por portas e janelas de vidro.
Aí surge a idiotice, pois se a mulher mora num lugar isolado, quem iria se incomodar com um a porta de vidro sendo quebrada, que resumiria o filme a meros quinze minutos?

Bem, tirando o vidro intransponível de início, se você se colocar no lugar da protagonista você irá conseguir absorver um suspense primoroso.

Com certeza o custo da produção foi acessível a qualquer orçamento, pois a história toda acontece numa casa isolada no meio do mato.

 

Título Original: Hush

Ano de Produção: 2016

Dirigido Por: Mike Flanagan

Gênero: Horror Americano

Nota: 3/5

Netflix

Category: Filmes | LEAVE A COMMENT
abril 16

Bienal de Minas

Olá Amigos do site A Arte de Escrever.

Bem, ontem começou a Bienal do Livro de Minas Gerais, e é claro, ideias novas, reencontros com antigos colegas de escrita, que hoje, merecidamente destacam-se em estandes de algumas editoras.

É claro, que remexendo minhas tralhas, encontrei minha velha câmera hd, e com ela a ideia de fazer algumas entrevistas e publicar os vídeos por aqui no site  A Arte de Escrever.

Hoje a tarde tô indo “prá lá” e entrevistas vão rolar no canal a arte de escrever, recém criado no youtube (em breve vou passar o link para vocês).

Quem quiser dar uma passadinha por lá, estaremos (pelo menos eu todo final de tarde e início de noite), no estande da Liga dos Autores Mineiros, onde vocês poderão prestigiar obras de talentosos autores.

Bem, segue algumas fotos e lembrem-se: Não posso perder a hora!

 

20160415_165407    20160415_161855                                     20160415_193749

abril 15

Deixa Rolar (Playing It Cool), 2014

Olá pessoal, tudo bem?

O filme de hoje é uma comédia romântica típica do gênero. O mocinho que nunca se apaixonou e acha que o amor é algo que não existe, isto até ele encontrar a mulher perfeita, só que a mulher perfeita não pode ser dele e ele se contenta em ficar na “friendzone”. Vamos conferir!

Continue reading

Category: Filmes | LEAVE A COMMENT
abril 14

A Escolhida – Lois Lowry

Olá pessoal, tudo bem?

O livro de hoje é o segundo volume da série O doador de memórias (resenha aqui). O cenário apresentado é totalmente diferente do primeiro, mas a opressão, a obediência a um grupo de autoritários chefes ainda é presente. Uma ótima leitura, confiram!

https://i2.wp.com/lerimaginar.com.br/wp-content/uploads/2014/10/A-escolhida.jpgTítulo Original: Gathering Blue

Título: A Escolhida

Autor(a): Lois Lowry

ISBN: 9788580413472

Ano: 2014

Páginas: 192

Editora: Arqueiro

Nota: 5/5

Adicione: Skoob

Compre: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

Órfã portadora de uma deficiência, Kira precisa enfrentar um futuro assustadoramente incerto. Vivendo em uma civilização que descarta os mais fracos, ela sofre hostilidade dos vizinhos, que a acusam de ser inútil para a comunidade. Quando é chamada a julgamento pelo Conselho dos Guardiões, Kira se prepara para lutar pela vida. Mas, para sua surpresa, os autoritários chefes já têm outros planos e a encarregam de uma tarefa grandiosa: restaurar os bordados de uma túnica centenária que contam a história do mundo. Escolhida por seu talento quase mágico para bordar, a jovem fica radiante com a honraria. Quando dá início ao minucioso serviço de investigação do passado, ela depara com uma série de mistérios nas profundezas do universo que achava conhecer tão bem. Confrontada com uma verdade chocante, Kira precisará tomar decisões que mudarão sua vida e toda a comunidade. Em A escolhida, Lois Lowry traz ao leitor personagens e cenários distintos de O doador de memórias, mas que complementam a sensacional distopia e abrem um novo horizonte de reflexão para a tetralogia.

Continue reading

Category: livros | LEAVE A COMMENT
abril 13

Expresso do Amanhã (Snowpiercer), 2013

Olá pessoal, tudo bem?

O filme de hoje já estreou nos Estados Unidos em 2013, mas só chegou aqui nas telonas do Brasil no ano passado. Um filme forte, eletrizante, de tirar o fôlego, uma distopia excelente, muito bem desenvolvida. Confiram!

 

Continue reading

Category: Filmes | LEAVE A COMMENT