novembro 12

A importância da Revisão

Olá Amigos do Blog!
Bem, hoje vamos falar um pouco sobre a importância da revisão gramatical.
Recebo diversas perguntas no e-mail, sobre quando é o momento ideal para fazer a revisão ou se a revisão é por conta da editora.
Cada autor tem uma forma de pensar. Porém, para aqueles que levam a publicação a sério sabemos que o mais importante quando enviamos um original para uma editora, é importantíssimo que seu livro já tenha sido revisado por um profissional do livro. Pense da seguinte forma, quem que nunca encontrou um erro gramatical em um livro? Já tive oportunidade de ver autores serem crucificados por causa da danada da revisão. É ruim, você estar no meio da leitura de um livro e encontrar a “aeromossa”. Isso é de matar e conheço muitos leitores que abandonam a leitura por excesso de erros.
Ah, mas a editora faz a revisão. Com certeza. Uma editora séria que respeite seu nome, jamais irá querer colocar no mercado livros com erros grosseiros. É o mesmo que você ter um açougue e querer vender carne vencida. É certo que seus clientes / leitores irão lhe abandonar.
Concordo que nenhum escritor obrigatoriamente tem que ser um professor Pasquale na língua portuguesa, mas vocês não imaginam as atrocidades gramaticais que já deparei em alguns livros. Porém, no meu caso sei que a culpa não é do autor, e sim do revisor, que avaliou o livro e comeu muitos pastéis  — *pastéis nesse caso se referem a erros que o revisor deixou passar por não ter visto —, só que infelizmente, muitos leitores irão condenar o autor.
Comigo aconteceu algo interessante quando escrevi um de meus livros — mostro a cena, mas não revelo o nome dos personagens kkkkk —, pois um de meus leitores trabalhava na área de revisão gramatical e ele encontrou uma monstruosidade de erros que passaram por duas revisões prévias em uma de minhas publicações.
Para os que me conhecem e sabem que aprendo com o erros, obviamente me aliei ao revisor e desde então tenho encaminhado originais para revisão gramatical dos olhos certeiros do Plácido Rodrigues — e lhes garanto que quando ele correr os olhos neste post escrito em azul, ele irá encontrar uma fartura deles.
Quem tiver um original em mãos e quiser entrar em contato para ser avaliado pelos olhos críticos do Plácido é só entrar em contato.
Coloquei no mesmo post algumas pertinentes que ele achou importante agregar a esse post.

  

Sobre o revisor:

Plácido Rodrigues é formado em Letras pela UnG (Universidade Guarulhos) e pós-graduado pela PUC-SP em Língua Portuguesa, com ênfase na análise de diálogos literários e na representação da oralidade em textos escritos.

 

  1. Quem deve contratar um revisor?

Mesmo um revisor deve submeter seu escrito à revisão, feita por outro profissional. Tentar revisar o que escrevemos pode ser algo que não funcione, pois, naturalmente, as idéias e construções frasais estarão tão enraizadas em nossa mente que os detalhes, como acento, pontuação, concordâncias verbais e nominais, coesão, coerência passarão despercebidos. Claro que o escritor deve reler e aprimorar seu texto quantas vezes julgar necessário, mas ainda assim deve submetê-lo ao crivo de um profissional.

 

  1. Por que contratar uma revisão?

 Um texto bem redigido, com mensagens claras, é o ponto crucial para o sucesso do seu conteúdo e, consequentemente, o sucesso do escritor.

 

  1. Como a revisão é feita?

A revisão é feita tendo como base a norma culta da língua, respeitando o estilo de redigir do escritor, sobretudo em textos literários, que têm um caráter naturalmente estético. Todo o trabalho é feito baseado no NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO da Língua Portuguesa.

A revisão é dividida em duas partes fundamentais.

Ø  PRIMEIRA: Analisa as questões ortográficas, coesão entre os termos, concordâncias, regências verbal e nominal, pontuação, colocação pronominal, acentuação gráfica, uso da crase etc.

Ø  SEGUNDA:  Analisa a coerência textual, repetição de palavras, ambiguidades, trechos truncados, o uso inadequado de vocábulos, dentre outros problemas que tornam a leitura arrastada e dificultosa. Também é feita uma preparação do texto, ou seja, sua estrutura visual: escolha de fontes, espaços entre linhas, dentre outras coisas.

Essas duas partes da revisão são feitas concomitantemente, sempre visando à clareza da mensagem. Automaticamente, o revisor corrige e prepara o texto, sempre respeitando o estilo do autor e o conteúdo da mensagem, buscando sua clareza e valorização do emprego adequado da Língua Portuguesa.

  1. O texto literário

É importante salientar que  o texto literário tem uma função estética, portanto sua revisão tem de levar em conta o que o autor pretendeu com o tipo de linguagem utilizada, e não simplesmente corrigi-la gramaticalmente. Em virtude de os diálogos literários serem uma tentativa de criação dos diálogos reais, haverá neles recursos orais que estão sendo representados pela escrita, como gírias, falta de concordância, repetição de palavras, frase truncadas, mas isso pode ser apenas um recurso estético, que embora se pense que não, enriquecem o texto literário, demarcando o status social das personagens e a época em que se passa o fato narrado no texto. Portanto, se assim o cliente o desejar, tais recursos serão mantidos.

5.      Materiais consultados na revisão.

Um revisor não é uma gramática ambulante. Tampouco domina todas as regras da Língua Portuguesa. Porém, é um profissional que trabalha para deixar clara a mensagem do texto e, para tal, vale-se de seus conhecimentos gramaticais e de recorrentes consultas e pesquisas. A seguir alguns dos materiais que mais consulto:

Ø  Dicionário Prático de Regência Verbal, de Celso Luft

Ø  Dicionário Prático de Regência Nominal, de Celso Luft

Ø  Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP)

Ø  Dicionário Houaiss

Ø  Dicionário Aurélio

Ø  Nova Gramática do Português Contemporâneo, Celso Cunha e Lindley Cintra

Ø  Moderna Gramática Portuguesa, Evanildo Bechara

Ø  Só vírgula, Maria Tereza de Queiroz Piacentini

Ø  Dentre outros materiais.
 

Entre em contato e faça um orçamento sem compromisso.

E-mail: revisorplacido@yahoo.com.br


 


Copyright 2018. All rights reserved.

Posted 12 de novembro de 2013 by Hermes Lourenço in category "Dicas Sobre A Escrita

1 COMMENTS :

  1. By Leandra suzan on

    Eu me decepcionei com dois revisores. Quando reli existiam erros gramaticais

    Reply

Agradecemos sua visita! Volte sempre que puder! Se quiser deixe um comentário com sua opinião, assim que pudermos responderemos. Comentários ofensivos não serão aceitos.