maio 28

Frases que você NUNCA deve dizer a um escritor:


Sei que talvez me achem rabugenta ou mesmo indelicada por abordar esse assunto, mas após ouvir pelo milionésima vez uma dessas perguntas, decidi fazer uma “enquete” com meus colegas escritores e listar aqui as 5 citações mais chatas e inoportunas que já ouvimos e não foi surpresa constatar que todas elas coincidiam. Escrevo isso aqui, na esperança de que se um dia cruzar com um de vocês queridos amigos que acompanham o blog, eu não seja obrigada a ouvir nenhuma dessas pérolas…
1 – “Eu não li o seu livro, mas…” ou “Eu não li seu livro porque…” – A verdade é que você não leu porque não ficou a fim – e isso aliás, é um direito seu, ninguém é obrigado a gostar ou interessar-se por algo. Só que você não vai dizer isso, vai inventar desculpas esfarrapadas. Portanto, melhor e mais educado não tocar no assunto.
2 – “Eu também sonho em escrever um livro, falando sobre a minha vida…” – Sinto destroçar seus sonhos, mas se você não é o Neymar, nem uma garota de programa ou algo que o valha, dificilmente esse seu sonho se tornará realidade… Ninguém se interessa pela vida de uma pessoa comum, não importa o quanto você se julgue incomum, se você não é milionário nem famoso, para os demais habitantes do planeta Terra você é tão somente mais um ilustre desconhecido.
3 – Tenho uma ideia legal, por que você não escreve um livro sobre isso? – Na verdade, nós escritores não escrevemos mais não porque não temos ideias o suficiente, mas porque, via de regra, não temos tempo suficiente. Acredite, já sofremos o suficiente com nossas próprias ideias não colocadas no papel para precisar de outras mais.
4 – Eu escrevi um texto/livro, você poderia ler e me dizer o que achou? – Na maioria das vezes, nós escritores, além de escrever, ainda temos que ralar num outro emprego de 40 horas semanais, cuidar da família, da casa e de tantos outros afazeres, portanto, sem querer magoá-lo, muito provavelmente, não teremos tempo para analisar seu manuscrito, melhor enviá-lo para um agente, um consultou ou editor, que além de tudo, são mais gabaritados que nós escritores para darem um parecer sobre seu texto.
5 – Você escreveu sozinho? – Quando ouço isso, tenho vontade de responder: “Claro que não, paguei um ghost writer para fazê-lo, afinal, sou tããão rica!!!” Ou então: – “Ah não, na verdade, eu tive ajuda do “além” para isso.”  
Elaine Velasco é autora da série Limiar, para mais informações e postagens, acesse: elainevelasco.blogspot.com.br


Copyright 2019. All rights reserved.

Posted 28 de maio de 2013 by Hermes Lourenço in category "Dicas Sobre A Escrita

5 COMMENTS :

  1. By Hermes M. Lourenço on

    Isso sem contar os leitores que acham que o escritor é uma Wikipédia Ambulante e que já leu todos os livros de qualquer autor. Aproximam-se e perguntam: Você já leu o livro de Fulano e tal (geralmente algum autor estrangeiro e com nome difícil de pronunciar)e quando respondo que não, simplesmente me olham com cara de espanto, absurdo e indignação: O quê, você ainda não leu fulano de tal?
    Detalhe, não vivo só de literatura e trancado em um quarto 24horas lendo livros…kkkkkk

    Reply
  2. By Fernando Luiz on

    Pode parecer estranho, mas o Meu nem lançou e já escutei da minha mãe( está é a parte pior) a última pergunta….. e eu respondi ” tive ajuda das duas mãos “

    Reply
  3. By Hermes M. Lourenço on

    Ha ha ha ha ha ha!
    Adorei o post Elaine! Pura verdade.
    Isso sem contar aqueles que falam: Po, seu livro é legal, mais prefiro fulano de tal.
    Da vontade de responder: Po, você ter vindo aqui é legal, mas explica então o quê que você está fazendo aqui?
    Acredite. Isso já aconteceu comigo.

    Reply
    1. By Elaine Velasco on

      Nesses momentos, vc respira fundo e conta até dez, rsrsrs.
      Ah, a que eu mais ouço qdo digo que meu livro é para adolescentes é: Tipo os livros da Thalita Rebouças?
      Céus! Que falta de noção!!!

      Reply

Agradecemos sua visita! Volte sempre que puder! Se quiser deixe um comentário com sua opinião, assim que pudermos responderemos. Comentários ofensivos não serão aceitos.