abril 6

Horas e Ondas

                             Olá Amigos do blog!

                             Hoje trago para vocês mais uma novidade!
E com imensa satisfação que venho dividir com os seguidores a notícia do ingresso da Dra. Eulália Jorda, médica, membro titular da Sobrames -MG,  escritora- na qual tenho a honra de compartilhar momentos culturais explendorosos nas reuniões com os confrades da Sobrames-MG.
Em breve divulgo a bibliografia da Dra. Eulália, porém, já de antemão, ela nos agraciou com maravilhosos poemas que serão postados aqui no blog. 
Ao lado a foto e o poema que ela gentilmente nos brindou.
Um forte abraço a todos!


Horas e ondas
                                                                                  
O que fazer se.
Outro dia mesmo
Coloquei para funcionar um velho relógio
De forma que apontasse para horas velhas,
Umas atrás de outras
Lembrando as coisas naturais
Chamando por um mar,
E as ondas que vão -e- vem.
Os antigos classificavam assim:
Animais com penas
Animais com pelos
E aqueles com pele.
No entanto
A minha pele é invertida
As horas pulsam para dentro
É de lá que vem um som interno
E ninguém é capaz de me dizer
Se as ondas já se foram
Se o que ouço são  só reverberações
Se as ondas vão – e – não vem
Se as ondas, finalmente, são horas paradas.

                                   Eulália Jordà-Poblet


Copyright 2018. All rights reserved.

Posted 6 de abril de 2013 by Hermes Lourenço in category "Uncategorized

Agradecemos sua visita! Volte sempre que puder! Se quiser deixe um comentário com sua opinião, assim que pudermos responderemos. Comentários ofensivos não serão aceitos.