fevereiro 22

Resenha: O Olhar dos Inocentes

Olá amigos do Blog!
Bem, após as festividades do carnaval, estamos de volta trazendo novidades.
Enquanto muitos estavam sambando, eu preferi me recolher em meu escritório e folhear as páginas de um livro. Confesso que valeu a pena e fiquei pasmo ao ver que nossos talentosos escritores nacionais estão cada vez mais nos surpreendendo.

A resenha de hoje é referente ao livro “O Olhar dos Inocentes”, uma produção independente do advogado e autor mineiro: Paulo Henrique Gomes Gontijo, que é natural de Divinópolis –MG. Detalhe, meu livro foi autografado pelo autor – não fiquem com inveja…rs
Em meu ponto de vista, achei o livro fantástico e surpreendente além de conter uma trama emocional muito bem conectada prendendo desta forma o interesse do leitor até à última página. Acredito que para ser escritor, tem que ter esse dom, e o Paulo Henrique conseguiu mostrar brilhantemente que é capaz de realizar tal tarefa facilmente.
O livro O Olhar dos Inocentes, narra a estória da protagonista Maria Clara, casada com Jorge e mãe de 3 filhos que guarda um Graaaaaaannnnnndddddddeeee, mas grrrraaaaaaaaaannnnnnde segredo.
A maior parte da trama se passa na cidade de Divinópolis, porém, em alguns momentos parte dela acontece em Belo Horizonte.
A trama se inicia com Maria Clara a protagonista, dentro da prisão recebendo a visita do marido Jorge que reluta a compreender o porque a esposa foi presa. Então ela começa a contar a verdadeira história de vida.
A princípio achei algumas atitudes da protagonista estranhas, tipo vir para Belo Horizonte, ir a um shopping Center, seduzir um homem  dando um nome falso e na hora de marcar o local para consumar a traição, ela simplesmente desaparece deixando o parceiro na expectativa eterna.
Para agonizar ainda mais o questionamentos do leitor, após tal atitude ela chega na casa da mãe que mora em Belo Horizonte, tranca-se no chuveiro e desesperadamente começa a lavar com muito sabão as partes intimas num banho quase que eterno e depois vem as compulsões de choro.
Você vai ficando na expectativa e se questionando?  Porque ela foi presa? Por que ela faz isso se ela é bem casada? Será que ela é doida? Esquizofrênica?
Para piorar a vida conjugal de Maria Clara não vai muito bem, principalmente no lado sexual.
O marido Jorge não é nem um vilão não, pelo contrario, é uma pessoa que a respeita de forma incondicional e ela se esquiva até de Petrônio que foi um ex-namorado que não se conforma por ela ter casado com Jorge e ainda 25 anos depois, continua com as investidas. Para aumentar ainda seu martírio durante a leitura, você descobrirá que ela guarda um pequeno pedaço de papel, que toda vez que ela abre o armário e retira de um local secreto o pequeno papel ela cai em prantos convulsivos.
Felizmente o autor nos presenteia no meio da trama com parte da solução do enigma, mas a grande surpresa vem mesmo é no final. Diga-se de passagem, uma surpresa atrás da outra.
O livro é ótimo, portanto recomendadíssimo! Fez valer com menção honrosa as horas de leitura.  Outro fator que achei interessante é que por o autor ser advogado as partes técnicas e legais pertinentes a estória são transmitidas com muita veracidade.
Esse é mais um livro que vem provar que nós temos excelentes escritores nacionais capazes de nos prender a suas estórias e nos surpreender cada vez mais.
Em breve terá entrevista com o autor aqui no blog. Se alguém quiser fazer alguma pergunta pode enviar para meu email: hmsfenix@gmail.com
Um forte abraço a todos!
Titulo: O Olhar dos Inocentes
Autor: Paulo Henrique Gomes Gontijo
ISBN 97885912071-0-7
Produção Independente


Copyright 2018. All rights reserved.

Posted 22 de fevereiro de 2012 by Hermes Lourenço in category "ação", "advogado", "drama", "ficção", "inocente", "olhar", "surpreendente

Agradecemos sua visita! Volte sempre que puder! Se quiser deixe um comentário com sua opinião, assim que pudermos responderemos. Comentários ofensivos não serão aceitos.